sábado, 17 de outubro de 2009

“Love Your Body Day” mobiliza mulheres contra a ditadura da beleza irreal

Em 1998, o peso médio de uma modelo era 23% mais baixo do que o ponteiro da balança marcava, em média, entre as mulheres em geral. Vinte anos antes, essa diferença era de apenas 8%. Alarmadas com este quadro, as mulheres da fundação norte-americana NOW – National Organization for Women (Organização Nacional das Mulheres) decidiram criar um dia especial, para alertar as mulheres sobre a importância de encontrar sua própria beleza, em vez de tentar alcançar os padrões de revistas e passarelas – que, cá entre nós, só existem à base de muito make up e photoshop. Nascia o Love Your Body Day – algo como “Dia de Amar o Seu Corpo”.
Este ano, em sua 12ª edição, o Love Your Body Day será celebrado em 21 de outubro. Popular nos Estados Unidos, ele repercute principalmente entre a comunidade de blogueiras e ativistas pelos direitos da mulher.
O dia é um convite para a reflexão, para toda mulher parar um minuto e prestar atenção em qual beleza ela busca. A beleza impossível das capas de revista ou a beleza verdadeira, de um corpo saudável e uma pele bonita, mas que transpareça os anos vividos?

Além disso, o site da campanha sugere algumas coisinhas práticas para você fazer e curtir sua beleza natural. Por exemplo, comemorar com as amigas, promovendo uma festa sem culpa, onde a lei é usar roupas realmente confortáveis e comer comidinhas engordativas sem pensar nas calorias.
Outra dica é se inteirar de pesquisas e estatísticas que mostram o impacto negativo da propaganda na relação das mulheres com seus corpos. Por exemplo, 10 milhões de mulheres sofrem com anorexia ou bulimia, só nos Estados Unidos. E 81% das meninas de 10 anos – veja bem, 10 anos, quando sua preocupação deve ser com outras coisas – morrem de medo de engordar. O que isso quer dizer?
Eles também têm uma listinha com 10 maneiras de amar seu corpo, recomendando yoga, leitura, sexo seguro e alguma condescendência consigo mesma. Afinal, que mal tem em perder os limites por um pudim ou um pote de sorvete? Leia aqui, em inglês.
Além disso, a fundação também lista tanto as propagandas consideradas ofensivas para a imagem da mulher, quanto as que nos retratam com respeito e positividade.
E então? Vamos celebrar? O que você pensa em fazer no Dia de Amar o Seu Corpo?

4 comentários:

Green Womyn disse...

Tinha escrito um texto há um tempinho e aproveitei para publicá-lo com o selinho!

http://mulherverde.blogspot.com/2009/10/pilula-e-os-ciclos-naturais-do-feminino.html

Beto disse...

poxa, um homem pagão pode participar?

Filhote de Lua disse...

mas claro que pode, Beto. tá todo mundo convidado a participar

Zá (ou não) disse...

Te li, e coloquei um link de vc no meu twitter pelo #lybd.

Bjs
@souminha