domingo, 18 de abril de 2010

De volta ao andar em beleza...

 As vezes as coisas ficam cinzas. E nada parece como deveria ser. E é claro que quem sofre com isso vai ser este blog que depende exclusivamente de que eu enxergue a beleza no mundo. A beleza está lá o tempo todo, mas as vezes a gente não está com olhos para ver. E aí, é preciso algo singelo. Singelo, delicado e suficientemente com aquela batida de música folk que é o que dá sentido para minha vida - eu não sei viver sem essa batidinha folk. 

E ai, mega por acaso, enquanto eu procurava umas atividades de pré escola para o meu filho (já que por enquanto a escola dele é nossa casa), eu achei esse vídeo. E ai, ficou tudo assim, colorido em aquarela. Como no clipe =).





música de Tanya Davis
 performance  Andrea Dorfman

art
I wondered what would be the worth of my words in the world
if i write them and then recite them are they worth being heard
just because i like them does that mean i should mic them
and see what might unfurl
i think of the significance of my opinions here
is it significant to be giving them does anybody care
just because i'm into this does that mean i should live like it
and really do i dare
art, art i want you
art you make it pretty hard not too
and my heart is trying hard here to follow you
but i can't always tell if i ought to
so i pondered the point of my art in this life
if i make it will someone take it and think it's genuine
will they be glad that i did 'cause they got something good out of it
will they leave me and be any more inspired
i question the outcome of the outpouring of myself
if i tell everyone my stories will this keep me healthy and well
will it give me purpose, to this world some sort of service
is it worth it, how can i tell
art, art...

Arte

Eu me perguntava qual seria o valor de minhas palavras no mundo
se eu as escreve-se e então recita-se, se elas seriam dignas de serem ouvidas
só porque eu gosto delas então isso significa que eu devo mostra-las
e ver o que pode se desdobrar
eu pensei no significado de meus pensamentos aqui
se teria significado dá-las a alguém se alguém vai se importar
só por que estou nisso então significa que devo viver desse jeito
e realmente me atrever a fazer

arte, arte eu te quero
arte você torna isso muito difícil de não querer
 e meu coração está dando duro aqui para te seguir
mas eu não podia sempre dizer se era isso o que eu deveria
então eu ponderei sobre o que é a arte nesta vida
se eu fizer isto alguém vai pegar e achar que é genuíno,
eles ficarão felizes por eu ter feito porque conseguirão algo bom daquilo
irão eles me deixar e estar mais inspirados
eu questionei o resultado de me derramar assim
se eu contar a todos minhas histórias se isso vai me manter saudável e feliz
isso me dará propósito, como algum tipo de serviço ao mundo,
isso vai valer a pena, como eu posso dizer
arte, arte...

(a tradutosca está mais tradutosca do que de costume, e eu aceito melhorias nela =P. o fato do texto ser todo inquisito mas sem um único ponto de interrogação dificulta, então, acho que é óbvio mas repito, leia com um tom de pergunta tudo isso =] )



No fim do clipe quase, tem umas coisas escritas depois de "Art Manifesto" e é o pequeno manifesto artístico do clipe, que eu achei fofo:
- Grandes idéias vêm de grandes passeios de bicicleta
- Passe isso adiante
- Arte te levará para lugares
-Plante sementes
-Um coração partido pode fazer ótima arte
-Experimente

-Não se importe muito




Então, enjoy.


E saia cantarolando por aí (como eu estou) "
art, art i want you
art you make it pretty hard not too
and my heart is trying hard here to follow you


3 comentários:

Améthysta Eleúthera Kunoloverna disse...

Gostei =)

Améthysta Eleúthera Kunoloverna disse...

ah, só avisando, é muito dificil comentar nesse layout.

Filhote de Lua disse...

exatamente, qual é sua dificuldade em comentar aqui? pq pra mim parece tudo normal...